Opinião 04 - Luiz Felipe Pondé

Comentários   

+1 #4 Flávia Puça 03-06-2020 23:41
Não considero besteira. Todos os alunos são iguais em capacidade de produzir e receber conhecimento, como mostra o livro Rápido e devagar duas formas de pensar. Porem o gerenciamento inadequado das emoções torna alguns ineficientes.
Citar
+1 #3 Marcelo Henrique S. 03-06-2020 17:37
O educador consciente de seu trabalho reconhece que existem particularidades em seus alunos. O tempo de aprendizagem de cada sujeito precisa ser levado em consideração. Reconhece ainda que o indivíduo aprendente traz consigo uma grande quantidade de informações adquiridas desde o nascimento. A sua vivência como sujeito constrói a sua aprendizagem e o Professor media esse processo indicando caminhos que satisfazem a produção do conhecimento.
Citar
+1 #2 Flávio Vieira 03-06-2020 11:03
Bom dia Amigo...as considerações do PONDÉ... são perfeitamente compreensíveis ...Pois sob o ponto de vista biológico cerebral somos iguais.. . porém O Psiquismo ((MENTE) reside no espírito e se manifesta através do cérebro...tais diversidades, vocações.talentos e diferenças são o resultado das nossas experiências reencarnatórias...a possível mediocridade pode ser uma condição pouco evolutiva...mas também pode ser uma limitação momentânea da Justiça DIVINA...para coibir a SOBERBA...O ORGULHO...A ARROGÂNCIA...que outrora foram motivos de Perdição ...essa visão contempla a visão da Lei de Causa e Efeito....operacionalIzada pela REENCARNAÇÃO.... desculpe a possível prolixidade
Citar
+1 #1 Olimpio Bonald Jr 03-06-2020 11:00
O texto do Filósofo, aborda a capacidade intelectual de cada indivíduo com foco na educação e traz a discussão de que os capazes levam vantagem sobre os menos capazes. O intelecto individual em meu ponto de vista, se desenvolve de acordo com o meio social e econômico, que, de certo seleciona e diferencia os lideres. Tratar da visão do educador, onde ele menciona que é "besteira" igualar a capacidade de produzir e receber conhecimento,concordo com restrições - e reafirmo que o meio social/econômico de cada um vai prevalecer. Portanto, não posso aceitar a simplesmente que a diferença colocada pelo Filósofo, seja de toda culpada, deve-se enxergar a educação como sendo um contexto maior.
Sua função da Educação é garantir a reprodução social e cultural dos valores e conhecimentos necessários à manutenção do status quo, à conservação da sociedade de acordo com a expectativa predominante. ...
É isso, abraço Olimpio Bonald Jr.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Projetos PRECISO

         

         

         

                                          

SPC

Sistema PRECISO de Comunicação

Fone (81) 98894-7272   

email  [email protected] 

Francisco Pires e Batista Neto - Coordenadores Gerais

Roseane Campos - Gerente de Projetos Culturais

Bete Nunes - Analista Social